Competição de 50 km em trilhas reuniu 180 atletas de todo o país no interior do Piauí, na cidade de Nova Santo Antônio

Só tem ideia do que é uma prova de Trail Running quem assiste de perto à competição. No último sábado (7), o atleta patrocinado pela Qu4tro Comunicação e Assessoria Estratégica, empresa de Brasília, subiu ao pódio após percorrer 50km entre trilhas no Desafio Ultra das Cachoeiras, em Nova Santo Antônio, no interior do Piauí.

Paulo Gomes, conhecido como Palomi, que é garçom, se levantou às 4h da manhã, largou às 6h40 e percorreu 50 km até chegar em 3º lugar na categoria de 30 a 39 anos de idade, a mais concorrida da prova e que teve a largada na Cacheira da Pigoita. Ele completou a competição em 7 horas e 23 minutos.

A conquista de mais um pódio revela a dedicação e comprometimento do atleta, que trabalha duro durante a semana para garantir o sustento da família.

Inteligência emocional e paciência

Antes de tudo, o Trail Running é um esporte que exige muita disciplina, inteligência emocional, paciência, tranquilidade e perseverança.

Os vencedores deste desafio provaram a todos que a palavra final para um trail runner é superação. Ao todo, 180 atletas de todo o país se reuniram para o desafio.

Ao acompanhar de perto o Desafio Ultra das Cachoeiras, a Qu4tro Comunicação e Assessoria Estratégica constatou que ainda é preciso muito para ajudar os atletas brasileiros.

“Acredito que assim como no Trail Running, atletas de outras modalidades esportivas precisam do apoio do empresariado do país”, ressalta a CEO da Qu4tro, Claudia Marques.

“Se não há políticas públicas que contemplem todos os atletas, a iniciativa privada deve preencher esta lacuna e cumprir bem a sua responsabilidade social. O esporte transforma vidas e, durante o Desafio Ultra das Cachoeiras, ouvi histórias comoventes e de muita superação”, completa.

Trabalho duro

O atleta Paulo Gomes, de 30 anos e piauiense, é garçom. Palomi, como é mais conhecido entre amigos e no esporte, precisa trabalhar para pagar as contas e ajudar a família.

Assim, ele não tem o tempo necessário que um atleta de alta performance precisa para treinar.

Agora, com o patrocínio da Qu4tro, a proposta é que lhe sobre mais tempo e que ele participe de mais treinamentos e competições. “Queremos vê-lo representando o Brasil nas provas internacionais”, ressalta Claudia Marques.

Histórias de superação

Entre os atletas de Trail Running ouvidos durante o Desafio Ultra das Cachoeiras, histórias como a de Ary Silva são surpreendentes. Ele é corretor de imóveis, era obeso e, depois que começou a praticar o esporte, perdeu 25 quilos, normalizou a pressão arterial e garante que se sente um garoto aos 57 anos. “O único problema é que, muitas vezes, falta o dinheiro para fazer a inscrição nas provas”, lamenta.

Elton Lima, de 39 anos, o campeão geral da prova ao lado de Lucas Lima, conta que, hoje, também faz as contas para poder treinar e participar de todos os desafios. “Infelizmente não contamos com apoio necessário no esporte”, pontua o trail runner. Os dois percorreram os 50 quilômetros entre trilhas e cachoeiras em 4 horas, 56 minutos e 3 segundos.

Thulio Tiburcio, engenheiro eletricista de 27 anos e primeiro colocado na sua categoria – a de 17 a 29 anos – concorda com os colegas sobre a falta de apoio ao esporte. Ele terminou a prova em 7 horas, 23 minutos e 20 segundos.  “Não são todos os atletas que podem pagar por treinamentos, por roupas ideais para o esporte, pelos tênis para correr em asfalto e trilhas etc. E a falta de patrocínio deixa muitos atletas extraordinários estão fora do esporte”.

Mulheres no desafio

O Trail Running não é só para homens. Mais de 60 mulheres participaram da competição no interior do Piauí.

A primeira colocada que competiu nos 50km, Cleomara Alves, terminou a prova em 7 horas, 50 minutos e 13 segundos. Depois dela, Irismeire Rodrigues e Amanda Borges completaram a prova em segundo e terceiro lugar, respectivamente, em 8 horas e 8 minutos e 9 horas e 15 minutos.

Trail Running

Segundo a International Trail Running Association (ITRA), trail running, ou corrida em trilhas, é uma corrida a pé, em ambiente natural, por caminhos, trilhas, montanhas, florestas, planícies, praias e até em locais cobertos por gelo e neve, com o mínimo possível de vias calçadas ou pavimentadas (elas não devem exceder 20% do percurso).

O esporte surgiu com competição em 2003 e vem crescendo, apesar de ainda ser desconhecido por muitos.

Com a diversidade de ambientes naturais e trilhas brasileiras, o esporte tem crescido entre os que gostam de aventura, esporte e superar limites.

Apoio e patrocínio

A Qu4tro está fazendo sua parte e buscando mais histórias de sucesso como a de Palomi no Trail Running. Patrocinar atletas do nosso país é uma das missões da empresa.